QUANTOS SEREMOS NA HIPÓTESE DE FECUNDIDADE CONSTANTE?

Projeções da população mundial e regiões na hipótese de fecundidade constante

(artigo de José Eustáquio Diniz Alves)

[EcoDebate] A Divisão de População da ONU atualiza periodicamente 4 projeções para os países, as regiões e o mundo. Além da projeção média, existem as projeções alta e baixa que levam em consideração as perspectivas de queda da fecundidade e aumento da esperança de vida. Para os países e regiões também se considera as projeções sobre migração. Ainda são apresentadas as projeções para o caso das taxas de fecundidade permanecerem constantes.

Na última revisão (de 2012 publicada em 2013) as estimativas da ONU para a população mundial em 2100 foram: projeção média: 10,9 bilhões de habitantes; projeção baixa: 6,8 bilhões de habitantes; e projeção alta: 16,6 bilhões de habitantes. Continua em ECO DEBATE

NOVA CAMPANHA CONTRA AIDS ALERTA SOBRE SEXO ANAL

Bissexual capa  A campanha não é tão nova assim, ela nem está mais na ‘ATIVA” como se diz na gíria, mas ao resgatar meus documentos, revistas e outros pertences meus da inundação de 27 de novembro/2012 deparei com este jornal de Recreio, o nosso O JORNAL DE RECREIO quando o jornalzinho era mimeografado e só tinha esse nome de O JORNAL DE RECREIO sem a denominação Minas que acrescentamos há uns anos atrás. Mas vamos a esta entrevista, que naqueles idos de 1994 fazia parte de uma campanha que a a Grande Mídia não “agasalhou” (hummmm)  e que a grande imprensa não quis dar ouvido mas que considero até hoje de grande importância…pois ao se prevenir com o óbvio o ser humano acaba se esquecendo de certas informações ( ou até mesmo tem pessoas que nem ficam sabendo…) e aí já é tarde demais.

AIDS NOVA CAMP P2240004

Esta semana começo a postar AQUI a entrevista e os comentários divulgados na época que serão de muita valia para todos que lerem. Vale a pena. Continua AQUI SEXO PERIGOSO.

Sociedade machista e sexista culpa mulheres vítimas de violência sexual

covardia A violência sexual ainda é uma das menos denunciadas no Brasil. Dos 48 mil atendimentos feitos pela central 180 no primeiro semestre do ano passado, em menos de 2% foram relatados casos de violência sexual contra a mulher. São vários os argumentos usados para justificar atos de violência contra a mulher. Roupas curtas e decotadas, transitar por locais isolados e agir de forma extravagante são algumas das afirmações feitas pela sociedade para explicar a violência sexual. A denúncia ainda é uma forma essencial de coibir a violência contra a mulher. Os relatos de qualquer tipo de agressão deve ser feito em uma delegacia especializada de atendimento à mulher.

Apresentação de Katiana Rabêlo, da Radioagência Nacional / EBC AQUI ECO DEBATE

Aumento de infecções por HIV no carnaval é mito, diz pesquisa da Universidade Federal Fluminense

exame de sangue

A crença de que o número de infecções por aids aumenta no carnaval é mito – pelo menos em Niterói e em outros seis municípios da região metropolitana da capital fluminense. A constatação faz parte de uma pesquisa desenvolvida por médicos da Universidade Federal Fluminense (UFF), lançada hoje (26), que analisou durante seis anos a distribuição temporal de demanda e positividade de testes sorológicos anti-HIV no Laboratório Central de Saúde Pública Miguelote Viana, de Niterói.

Continua AQUI : Aumento de infecções por HIV no carnaval é mito, diz pesquisa da Universidade Federal Fluminense

Reportagem de Flávia Villela, da Agência Brasil, publicada pelo EcoDebate, 27/02/2013

Devido à idade, quando o tesão diminui, o melhor remédio é carícia, muita carícia…

SEXO RADIANTE FOTO 01    Fácil de entender, gostoso de ler…Ah, se eu tivesse lido isto antes da menopausa dela ou antes da minha andropausa …Espero que meus filhos e netos…e todos que amo leiam isto já… Obrigado, Dr.Jairo pelo maravilhoso livro EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE… É assim que você vai se sentir quando ler AQUI ATIVIDADES DELICIOSAS